Ambientalista franco-australiano é sequestrado no Chade

N'DJAMENA (Reuters) - Um ambientalista de dupla cidadania francesa e australiana foi sequestrado por indivíduos desconhecidos na província de Wadi Fira, no nordeste do Chade, nesta sexta-feira, e uma missão de busca e resgate está em andamento, informou o governo do país neste sábado.

O porta-voz do governo do Chade, Aziz Mahamat Saleh, disse em comunicado que o homem sequestrado é um ambientalista que administra um parque de órix em nome do Fundo de Conservação do Saara.

"O governo mobilizou toda a segurança e meios humanos para apanhar os sequestradores e encontrar (o homem)", escreveu Saleh.

O Ministério das Relações Exteriores da França estava ciente do sequestro de um de seus cidadãos e entrou em contato com a família da pessoa e as autoridades do Chade para obter uma libertação rápida, disse uma fonte da pasta.

O Fundo de Conservação do Saara e a missão australiana no Chade não foram imediatamente encontrados para comentários.