Ambulâncias fazem fila para tomografia de tórax em Icaraí: 'Lutando para sobreviver'

Louise Queiroga

Um vídeo gravado por um profissional de saúde na esquina das ruas Álvares de Azevedo e Moreira César, em Icaraí, Niterói, na Região Metropolitana do Rio, chamou atenção de moradores e vem repercutindo nas redes sociais desde a noite desta quarta-feira. Nas imagens, ele mostra várias ambulâncias levadas até uma clínica e, visivelmente impressionado com a quantidade, pede que as pessoas fiquem em suas casas e levem a sério as medidas de distanciamento social.

"Aí, para quem não acha que o negócio é sério", diz ele. "Olha quantas ambulâncias. E vai chegar mais. Tudo Covid. As pessoas estão pensando que é brincadeira (...)", criticou. "As pessoas estão fazendo exames, lutando para sobreviver (...) Estamos tentando fazer com que essas pessoas sobrevivam".

 

De acordo com a médica Flávia Botelho, diretora administrativa do Centro de Imagem Icaraí, o episódio mostrado no vídeo ocorreu na terça-feira, dia 12. Ela explicou que a clínica fez um convênio com a prefeitura de Niterói para permitir que pacientes com Covid-19 ou com suspeita da doença, que estejam com problemas respiratórios, façam exames de tomografia computadorizada de tórax, que abrange a área do pulmão. Esse atendimento ocorre às terças e quintas-feiras, das 19h às 23h, e aos domingos, das 8h às 20h.

A médica ressaltou que os responsáveis pelo turno extra, voltado para a Covid-19, não entram em contato com as demais equipes que atuam na clínica no horário normal de funcionamento. Além disso, o acesso à clínica é feito por entradas diferentes.

— É feita também uma dupla higienização. Assim que acaba o turno, o espaço, objetos e equipamentos são higienizado. Quando a clínica abre no dia seguinte, tudo é higienizado novamente. Estamos seguindo as recomendações (das autoridades de Saúde) — afirmou.

Quanto ao vídeo, ela enfatizou ser contra a exposição de pacientes nas redes sociais, embora tenha entendido que a mensagem passada foi de conscientizar a população para respeitar a quarentena.

— Nos colocamos à disposição (da prefeitura). Temos um programa de resposabilidade social e fomos escolhidos. Estávamos com o aparelho parado e uma população que precisava. É bom também para conseguir manter os empregos de nossos funcionários, depois que o atendimento habitual caiu. Assim atendemos a população nesse momento difícil, de necessidade.

Procurada, a prefeitura de Niterói ainda não se manifestou. O profissional de saúde que gravou o vídeo também não respondeu.

"Profissionalismo e Humanidade

Nós, do Centro de Imagem Icaraí, em colaboração com a prefeitura de Niterói, não poderíamos nos eximir da responsabilidade de seguir atendendo com qualidade e responsabilidade à população do nosso município.

É importante ressaltar que não há nenhum serviço de saúde na cidade, estado ou país, que possa garantir que não esteja atendendo pacientes com Covid-19 atualmente.

Nós, no entanto, nos preocupamos em abrir horários exclusivos, fora do horário de atendimento normal da clínica, para atendimento de pacientes internados que necessitem realizar exames de tomografia, suspeitos ou não, de Covid-19, para que não haja cruzamento com os pacientes ambulatoriais.

São poucos horários e não todos os dias. Além disso, esses pacientes, percorrem um trajeto exclusivo e a clínica é higienizada seguindo rigorosamente as normas da Organização Mundial da Saúde, Ministério da Saúde e Colégio Brasileiro de Radiologia.

Nós nos sentimos honrados de poder, com nossos profissionais competentes e tecnologia de ponta, ajudar a salvar as vidas que estão sofrendo com essa enfermidade.

Cumpriremos nossa missão com humanidade e profissionalismo, como sempre o fizemos, e o que nos levou a ser a primeira clínica do Estado do Rio de Janeiro e a sexta do Brasil a conquistar a Certificação de Qualidade fornecida pelo Colégio Brasileiro de Radiologia (PADI-CBR)".