Ambulatório pós-Covid da Uerj já realizou mais de 15 mil atendimentos

·1 min de leitura

RIO — Em um período de quatro meses, de junho a outubro deste ano, o Ambulatório Pós-Covid do Hospital Universitário Pedro Ernesto (Hupe), da Uerj, realizou 15.644 atendimentos. A unidade, que foi inaugurada em maio, é pioneira no atendimento ambulatorial direcionado exclusivamente ao tratamento de sequelas deixadas pelo novo coronavírus.

De acordo com Ricardo Lodi, reitor da Uerj, o ambulatório conta com uma equipe multidisciplinar e de reabilitação especializada, além de um polo de pesquisa básica.

— Nosso compromisso é o de colaborar com a melhora no atendimento da saúde no Rio de Janeiro; pois além de promovemos a reabilitação do paciente, permitindo que ele volta a sua antiga rotina diária, o ambulatório é também um grande polo de pesquisa básica e clínica que debate temas que envolvam a prevenção, o tratamento e a imunização ao Coronavirus Sars-Cov-2 — explicou.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos