Ameaça norte-coreana aproxima Japão e Coreia do Sul

Numa visita histórica do primeiro-ministro do Japão à Coreia do Sul os dois países acordaram retomar as relações diplomáticas e definiram medidas para resolver uma contenda comercial, antiga.

Decisões tomadas horas antes do início de uma cimeira, muito esperada, um sinal de que os dois países estão a fazer progressos concretos para ultrapassar os desafios históricos e reconstruir os laços económicos e em termos de segurança das suas nações

Os dois aliados dos EUA procuram formar uma frente unida, impulsionada por preocupações partilhadas sobre uma Coreia do Norte cada vez mais ameaçadora e uma China mais poderosa.

No dia em que os chefes dos executivos japonês e sul-coreano de reuniram a Coreia do Norte lançou vários mísseis.