Americana é presa por ocultar corpo de mãe em freezer para continuar recebendo benefícios

A polícia da Flórida prendeu, na última quinta-feira, uma americana de 64 anos por ocultar o corpo da mãe em um freezer durante meses. O objetivo de Michele Rene Hoskins era continuar recebendo os benefícios para pessoas com deficiência de sua mãe.

James Webb: saiba quem foi o astrofísico que liderou a Nasa e gerou polêmica sobre homofobia

'Pensei que eu ia morrer': Mulher diz ter sido envenenada após pegar uma nota de dólar no chão do McDonald's, nos EUA

Marie Hoskins morreu de causas naturais aos 93 anos de idade, segundo os policiais. Seu corpo foi encontrado em abril, após vizinhos da idosa terem procurado as autoridades, preocupados com o fato de não a verem há meses.

Questionada na época, Michele disse aos policiais que não via a mãe há tempos. O corpo de Marie foi encontrado em um freezer na garagem da casa.

O mandado de prisão da filha foi obtido pelos policiais apenas nesta última quinta-feira. Michele Hoskis foi presa por não ter comunicado a morte da mãe e adulterar provas. Ela admitiu aos policiais ter ocultado o cadáver de Marie Hoskins.

Ela esta detida na cadeia do Condado de Indian River, sob fiança de US$ 10 mil.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos