Americano acusado de agressão por irmã que acordou de coma morre em hospital enquanto estava sob custódia

O americano Daniel Palmer morreu em um hospital de Charleston, na Virgínia, enquanto estava sob custódia policial. Ele foi acusado pela irmã, Wanda, de tê-la agredido há dois ano. Os ferimentos colocaram a mulher em um coma, do qual ela só acordou no final do mês de junho. A morte do homem foi confirmada pelas autoridades nesta sexta-feira.

Entenda: Mulher acorda de coma após dois anos e identifica o irmão como agressor

Vídeo: Donos de casa são presos após homem morrer 'engolido' por cratera em piscina

Daniel Palmer morreu na quinta-feira, um dia após ser levado ao hospital para uma avaliação médica. A causa da morte não foi divulgada.

Após a irmã tê-lo denunciado assim que saiu do coma, no dia 27 de junho, Palmer foi preso no dia 15 deste mês, acusado de tentativa de homicídio.

"Devido a um histórico de violência entre Wanda Palmer e seu irmão Daniel Palmer, os investigadores inicialmente consideraram Daniel um suspeito no ataque", diz uma queixa criminal apresentada no Tribunal do Condado de Jackson.

Segundo as investigações, os policiais encontraram a mulher no sofá do imóvel com ferimentos graves que parecia ser um facão ou um machado. O xerife do condado de Jackson, Ross Mellinger, disse à CNN que, quando a polícia chegou, eles pensaram que já estava morta, mas perceberam logo depois que a vítima ainda respirando superficialmente.

—Quando chegamos lá, para ser honesto, pensamos que ela estava morta — disse o xerife Mellenger ao MetroNews.

Vídeo: Homem salva bebê que caiu de janela no quinto andar de prédio na China

Uma testemunha relatou ter visto o irmão de Palmer, na varanda na noite anterior, disse o xerife. No entanto, não havia imagens de câmeras de seguranças ou outras testemunhas de fora da casa de Palmer, afirmou Mellinger. A polícia nunca recuperou a arma do crime e conseguiu apresentar queixa formal contra alguém.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos