Amigo de Carla celebra término da atriz com Arthur no 'BBB21': 'Ele não está nem aí para ela'

Leonardo Ribeiro
·2 minuto de leitura

Como se já não bastasse o impacto de ir ao paredão do "Big Brother Brasil 21", Carla Diaz também sofreu pelo fim do namoro com Arthur no confinamento. A atriz se sentiu preterida, já que o affair deu o colar do anjo para Projota, e ficou decepcionada com a falta de apoio do capixaba, que não lhe deu um abraço após a formação da berlinda no último domingo, dia 7.

— Acho que esse término com Arthur foi a melhor coisa que poderia ter acontecido para a Carla. Naquele mundinho que se cria dentro da casa, ter alguém para você se relacionar afetivamente muitas das vezes é positivo. Te dá amparo, paz, só que se você se relaciona com alguém que não tem sentimentos recíprocos cria-se uma possibilidade de cair em um buraco muito ruim. Fico feliz e espero que Carla possa seguir com outras alianças lá dentro, que não a dele. Vi que depois disso tudo ela já estava rindo com a Camilla e a Pocah. É nesse caminho que minha amiga tem que vibrar. E não ficar preocupada com Arthur, que não está nem aí para ela — diz Beni Falcone, cantor.

O amigo de Carla diz também sofrer por ver a atriz abalada com o paredão. Mas espera que ela seja a grande escolhida para o quarto falso e, assim, entender que é querida pelo público.

— Eu sei a pessoa que Carla é, por isso fico tão chateado por vê-la sofrendo. Ela merece tudo de melhor. A ida dela ao quarto falso garantirá a melhor reviravolta para a casa. Acho que será fundamental para que ela entenda os grupos formados e aqueles não tão explícitos. Vai ser bom para ouvir que o Arthur é muitas coisas, exceto parceiro dela. Importante até para ouvir o que Fiuk também fala sobre ela. Ao sentir que é querida pelo público, que eles escolheram para dar a ela um benefício, Carla voltará segura e vai tomar decisões sem pedir desculpas — aposta.

Na enquete do EXTRA, o público está dividido principalmente entre Carla e João, já que os dois estão alternando a primeira posição a todo momento. Beni Falcone até simpatiza com o professor de geografia, mas não deixa de puxar a sardinha para o lado da ex-"Chiquititas".

— O João é um cara bem posicionado, equilibrado, pé no chão, faz um jogo honesto e é parceiro da Carla. Mas a minha amiga vai aproveitar as informações do quarto muito mais. Ela está em um ponto mais crítico do jogo e que, por consequência, vai precisar tomar várias outras decisões. Para nós, que assistimos o "BBB21" daqui de fora, vai ficar muito mais interessante.