Amigo crava futuro do meia Nicolas De la Cruz

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
De la Cruz tem contrato com o River só até dezembro (Marcos Brindicci/Getty Images) (AFP via Getty Images)
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

Para desvendar o mistério, o Blog conversou com Gustavo Grossi, velho conhecido de Nicolas de la Cruz - eles trabalharam juntos por anos no River Plate.

Leia também:

Atualmente no Inter, à frente do projeto das categorias de base, Gustavo Grossi entende que De la Cruz é o melhor meia da Argentina na atualidade. Ele também duvida que o jogador deixe o River na metade do ano, quando se abre a próxima janela de transferências.

Questionado sobre a vinda do atleta ao Brasil em janeiro de 2023, Grossi vê boas possibilidades, especialmente se não existirem propostas de clubes da Europa.

De la Cruz já poderá assinar um pré-contrato com qualquer interessado a partir de 1º de julho, quando seu vínculo com o River estará a seis meses do fim.

O River, seu detentor atual, pede cerca de US$ 12 milhões para negociá-lo nesse momento.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos