Amigos abandonam passageira, ocultam acidente de carro e mulher morre em MG; entenda

Amigos ocultaram acidente e foram detidos - Foto: Divulgação/Polícia Civil
Amigos ocultaram acidente e foram detidos - Foto: Divulgação/Polícia Civil
  • Amigos ocultaram acidente de carro ocorrido em estrada em cidade mineira

  • Uma mulher ficou presa às ferragens e morreu sem receber socorro

  • Grupo foi preso e responderá por dois crimes

Uma mulher morreu presa às ferragens de um carro após acidente ocorrido na última segunda-feira (21) em Campos Altos, Minas Gerais. Ela foi abandonada no veículo pelos outros ocupantes.

De acordo com informações do portal BHAZ, seis pessoas estavam no carro que capotou quando ia rumo à cidade de Bambuí, no Centro-Oeste do estado.

Os ocupantes haviam ingerido bebida alcoólica e seguiam por uma estrada quando o motorista perdeu o controle da direção, o automóvel capotou e caiu em uma ribanceira.

Cinco dos ocupantes conseguiram deixar o veículo e buscaram ajuda em um hospital, mas abandonaram uma passageira, que ficou presa às ferragens e não resistiu.

Os sobreviventes ocultaram o acidente, possivelmente para escapar de possíveis sanções ao motorista por conduzir o carro alcoolizado.

Os amigos relataram a policiais e bombeiros que haviam sido vítimas de um roubo, e que a mulher havia sido levada junto com o veículo pelo criminoso. Eles foram encaminhados a um hospital, medicados e liberados.

Amigos confessam o episódio

No dia seguinte, a polícia foi à casa do motorista para tentar descobrir mais detalhes do suposto crime, uma vez que a mulher seguia desaparecida. Ao se deparar com os agentes, porém, o rapaz relatou o que realmente havia acontecido.

O motorista conduziu os policiais até o local do acidente, onde a mulher foi encontrada já morta, presa às ferragens do carro.

Outros três ocupantes do carro foram interrogados pela polícia e também acabaram confirmando a versão do motorista. Os quatro foram detidos em flagrante por omissão de socorro com resultado de morte e comunicação falsa de crime.