Amigos e admiradores de Jane di Castro repercutem morte da atriz

·2 minuto de leitura
Jane Di Castro morreu vítima de um câncer

75756945_EXTRA Rio de Janeiro RJ 22-03-2018 - Sessão Extra As atrizes Berta Loran e Jane Di Castro n.jpg

Jane Di Castro morreu vítima de um câncer

A atriz Jane di Castro faleceu na manhã desta sexta-feira (23), vítima de um câncer, aos 73 anos. Nas redes, fãs e amigos da artista puderam homenageá-la e se despedir.

O ator e diretor Miguel Falabella publicou uma foto em seu perfil no Instagram em que aparece ao lado de Jane. Na legenda, ele escreceu: "Querida Jane, você vai fazer muita falta. Vou guardar comigo sua alegria, seu comprometimento e sua coragem de ser quem você resolveu ser, quando direitos civis eram inexistentes. Sua breve passagem por Pé na Cova foi luminosa. Espero que Rogéria tenha ido espera-la nos portões da eternidade. Amor sempre!".

Em entrevista ao EXTRA, Silvero Pereira também lamentou a morte da amiga, com quem contracenou em "A força do querer":

— É uma surpresa muito dolorosa, porque até semana passada, a gente viu a nossa cena indo ao ar. E comentamos através do Facebook que estávamos felizes com a reprise. Mas eu não sabia que ela estava doente. Mas o que tenho a dizer é que Jane é uma estrela e sempre foi uma pessoa muito a generosa e afetuosa — disse o ator.

Jean Wyllys também se manisfestou em suas redes sociais sobre o falecimento da performer: "Jane Di Castro, agora você brilha no céu! Obrigado por tudo!", escreveu ele no Twitter.

Também no Twitter, o ator e escritor Ivam Cabral lamentou a morte da performer e relembrou sua última aparição pública: "Morreu Jane Di Castro. Sua última atuação solo foi com a gente, no Espaço dos Satyros, no ano passado. Ah, que tristeza...".

Junto com Rogéria, Jane di Castro foi uma das pioneiras na luta LGBTQI+, fato que foi enaltecido pelo apresentador Fernando Oliveira: "Morreu Jane Di Castro, travesti pioneira, assim como Rogeria. Uma de nossas divinas divas. Pavimentou caminho para tantos LGBTs! Que triste! A notícia foi dada por Eloina".