Amigos e familiares fazem homenagem a Leo Neves uma semana após morte de surfista

A perda do surfista Leonardo Neves, mais conhecido como Leo Neves, ainda é sentida por amigos e familiares. Neste domingo, uma semana após o atleta de 40 anos morrer durante a disputa de uma competição na praia de Itaúna, em Saquarema, na Região dos Lagos do Rio de Janeiro, mais de 30 pessoas se reuniram no mesmo local para homenagear o surfista.

 

Os pais, a mulher e os filhos de Leo Neves participaram do ato, que teve flores jogadas no mar, além de uma oração e discursos para homenageá-lo.

Bicampeão brasileiro, o atleta sofreu um mal súbito na água e faleceu antes de chegar a um hospital, em Bacaxá. Houve uma demora no resgate e atendimento ao atleta.

Léo Neves competiu no Circuito Mundial de Surfe (WCT) em 2007 e 2008, além de ter sido bicampeão brasileiro e tri carioca. O atleta profissional atualmente ainda era treinador de surfe e chegou a competir as triagens do #OiRioPro 2019, segundo o "Canal Surf Storm".