Amigos e parentes se despedem de Renatinho Bokaloka em enterro no Rio

Amigos e parentes do cantor Renatinho Bokaloka, que morreu na última quinta-feira (5) após ter sofrido um infarto durante um show na noite anterior, se despediram neste sábado (7) do artista. O velório aconteceu pela manhã, no Cemitério Jardim da Saudade, em Sulacap, na Zona Oeste do Rio, com o sepultamento no início da tarde.

Líder do grupo Bokaloka, referência no pagode desde os anos 90, Renatinho, de 48 anos, passou mal durante um show na noite da última quarta-feira. Ele saiu do palco e foi socorrido por amigos, sendo levado para o Hospital Municipal Lourenço Jorge, na Barra, onde foi medicado e passou por exames. Já na quinta-feira, foi transferido para o Instituto Nacional de Cardiologia, em Laranjeiras, na Zona Sul do Rio, mas não resistiu e morreu no local.

Em maio de 2022, durante uma turnê do Bokaloka pela Europa, o artista já havia sofrido um infarto. Após a notícia da morte, amigos famosos, como Alexandre Pires e Arlindinho, prestaram homenagens.

Referência no pagode

Renatinho Bokaloka era líder de um dos grupos mais relevantes do pagode carioca desde os anos 1990. Formado em 1995, o Bokaloka se chamava inicialmente Água na Boca, e Renato Cesar Alves de Oliveira, o Renatinho, já comandava os vocais. Sua primeira música de sucesso foi "Mais uma chance", do álbum "Você vai se amarrar", lançado em 1997.

Ao longo dos anos, o grupo Bokaloka lançou inúmeros sucessos. Entre eles, "Que situação", dos versos "bate nele, xinga ele, manda ele embora", que virou um hit do gênero. A autoria dessa música é de Henrique, do Alô Som, outro grupo de pagode famoso no Rio. Amigo de longa data de Renatinho, o compositor falou sobre a perda.

— A música "Que situação" é minha. "Bate nele, xinga ele, manda ele embora...". A gente gravou a música, o Alô Som, até com o falecido Riquinho, que era nosso cantor, que faleceu num acidente de carro (em 2000). Aí anos depois o Bokaloka gravou (em 1999), e aí que virou mesmo sucesso nacional. Até então era sucesso regional. Bokaloka que fez essa música estourar no Brasil. E a música passou a ser deles! Eles que deram um gás na música... E é essa música que paga minhas contas de luz até hoje, que me rende direitos autorais bacanas para caramba através do Renatinho. É muita gratidão — falou Henrique.

Quando soube da morte do amigo, Henrique fez um vídeo em homenagem em que falou:

"Um dia de muia tristeza pra gente do samba e do pagode. Perder o Renatinho tão precocemente assim, tão cedo está doendo demais. Um irmão, amigo, um baita talento... A gente só tem a agradecer. Tenho a agradecer a ele como amigo, como compositor também, que tive minha obra regravada por ele. E sem ele, com certeza, a música não seria um sucesso nacional. Virou sucesso através do Bokaloka, através do Renatinho. Muito obrigado, vai com Deus. E até breve!".

Outros sucessos

"Apaixonado" e "Shortinho saint-tropez" foram outras duas músicas muito tocadas do grupo Bokaloka, dessa vez parte do CD "Apaixonados", lançado em 1998. "Que situação" e "Duas paixões" vieram em 1999. Em 2002, o grupo lançou um álbum ao vivo, e "Não pedi para me apaixonar" estourou.

Renatinho era uma referência para grandes nomes do samba e pagode, como Arlindinho, filho de Arlindo Cruz; Netinho de Paula; e Alexandre Pires.

O mineiro fez uma homenagem após a notícia da morte e escreveu: "Te conheci em 1997, no Rio onde dividíamos o mesmo palco, SPC e Água na Boca. Sempre admirei sua trajetória e pessoa. E seu boné continua sendo o que mais uso. Vai com Deus, irmão".

Arlindinho estava na plateia do último show de Renatinho e o viu passando mal. Quando o artista precisou deixar o palco para ser socorrido, foi Arlindinho quem assumiu o microfone.

“Irmão Renatinho, descanse em paz. Tive com você há tão pouco tempo, não imaginava que fosse uma despedida... Um cara tão maneiro... Vão ficar guardadas aqui suas lembranças”, postou Arlindinho em homenagem ao amigo logo após a notícia.

O grupo Sorriso Maroto e outros famosos também lamentaram a perda. "Nós do Sorriso enviamos todos os nossos melhores sentimentos para família do Renatinho, para os parceiros de banda e amigos. Que Deus cuide de tudo e que ele descanse em paz", disse o grupo.