Amil leva advertência por campanha veiculada no vaivém do plano individual

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - A Amil levou advertência do Conar (Conselho Nacional de Autorregulagem Publicitária) por uma campanha publicitária exibida em abril, na mesma época em que a operadora de saúde tentava transferir a carteira de beneficiários individuais para a APS, do Grupo Amil.

Veiculada em televisão e no Youtube, a propaganda dizia: "Quando você mais precisar, a Amil vai estar lá por você". O mote incomodou alguns consumidores.

A transferência da carteira foi anulada pela ANS (Agência Nacional de Saúde Suplementar) naquele mesmo mês.

Segundo o Conar, a relatora do caso decidiu arquivar o processo por considerar que a campanha não tem nenhum defeito ético no conteúdo, mas propôs uma advertência porque a publicidade foi veiculada no momento em que milhares de usuários do plano estavam sendo desligados.

A advertência também foi dirigida à agência de publicidade Betc Brasil.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos