Amizade de Adele com brasileira será usada pela defesa de compositor de Martinho da Vila em processo de plágio

·1 minuto de leitura

Compositor de "Mulheres", grande hit na voz de Martilho da Vila, Toninho Geraes está movendo um processo por plágio contra a cantora Adele. O brasileiro acusa a britância de fazer uma "cópia escancarada" na música "Million years ago", lançada em 2015. Na disputa judicial, além de provar a semelhança, é preciso mostrar que o suposto infrator teve contato com a obra. Um dos recursos da defesa, como disseram à revista "Veja", será mostrar uma amizade da cantora com a personal trainer paulista Camila Goodis.

O nome de Camila ficou associado ao de Adele no início de 2020, quando a cantora surgiu em uma foto com 45 kg a menos. A brasileira foi convidada pela imprensa a comentar sobre a dieta da britânica, já que foi personal trainer e instrutora de pilates da artista em 2012.

"Adele mudou seu estilo de vida e acredito que 90% disso foi alimentação: uma dieta balanceada, comer menos calorias por dia e gastando mais energia. Não acho que tenham sido exercícios, porque ela não gosta de de exercitar", disse Camila ao "Daily Mail" em janeiro de 2020.

Ao "E+", Camila Goodis disse que conheceu Adele por meio de Ayda Williams, esposa do cantor Robbie Williams, e quando deu aulas de pilates, não reconheceu de primeira a dona do hit "Hello".

"Ela estava sem maquiagem, casual, sensível porque tinha acabado de ter um filho, e falou que tinha acabado de começar a fazer pilates", relembrou a personal trainer, que disse ser desligada do mundo das celebridades: "Tratá-los como 'pessoas normais' é superimportante".

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos