Amor correspondido: Kika Malk e Renan Rodrix cantam a própria paixão em música com Roberto Menescal; veja vídeo

RIO — Era início de 2020, auge da pandemia, quando Kika Malk e Renan Rodrix se conheceram pela internet. Por uma obra dos algoritmos, um vídeo dela atuando, postado por uma produtora que ambos seguem no Instagram, apareceu para ele, que se encantou e logo tratou de estabelecer o primeiro contato por mensagem. Mantiveram uma conversa apenas virtual por três meses. Nesse período, sem jamais terem se encontrado, ele enviou uma composição musical dedicada a ela, o que selou a paixão entre os dois. Cerca de dois anos depois, a união tem dado certo não apenas no campo pessoal, mas no profissional também.

Hoje uma dupla musical, além de um casal, os dois lançam na noite desta quarta-feira, nas plataformas de streaming, a música “A cor dará”, composta por Renan em parceria com um dos fundadores da bossa nova, Roberto Menescal, que também participa da canção com voz, ao lado de Kika e seu par, e violão.

— A música fala sobre a alegria de um amor verdadeiro. É clichê, mas tem uma profundidade. Tudo é contado de uma forma simples, mas muito poética. O Menescal disse que fez a melodia pensando no nosso amor, e eu fiz a letra pensando na Kika. Então, tem muita verdade nessa canção. O destaque dessa faixa é todo para o canto da Kika, que impressionou Menescal com sua doçura e afinação — conta Renan.

Renan conta que se aproximou de Menescal após convidá-lo para uma live em sua conta do Instagram. A história de "A cor dará" quem conta é o próprio Menescal:

— Certa vez, eu e Renan combinamos um encontro aqui em casa. Ele trouxe a Kika e os dois cantaram para mim. Perguntaram se eu gravaria alguma coisa com eles, e eu falei: "Eu gravo, mas podemos fazer algo juntos, para ficar mais a nossa cara". Então, fizemos "A cor dará", que é uma brincadeira com "acordar", "acordará" e "a cor dará". O Renan tem uma linha de as coisas terem duplo sentido. É muito interessante o trabalho dele. E a Kika cantou lindamente essa música. Estou gostando mais dessa canção a cada dia que passa — revela.

O single é a última canção do álbum “Capítulo de 2”, que conta, ainda, com as participações de Ney Matogrosso, de Bruno Gouveia, vocalista do Biquini Cavadão, e do flautista Derico Sciott. Com dez faixas, todas dedicadas a Kika, segundo Renan, o trabalho já tem mais de um milhão de acessos no YouTube e nas plataformas digitais de áudio.

— A primeira música que Renan compôs para mim e que foi a última a ser lançada se chama “Já”. Ela fala justamente do coração que decide sem avisar, mostrando que não temos controle sobre ele. Nosso amor é uma conquista, e as letras dele foram fundamentais para isso. Sinto-me muito lisonjeada pelas homenagens. São músicas que foram feitas para mim, mas, quando ele acaba de compor, nós cantamos um para o outro. Então, tem uma correspondência — revela Kika. — Nós só escrevemos música de amor, o que é muito difícil de encontrar um casal fazendo hoje em dia. Você encontra mais duplas de irmãos ou amigos falando de sofrência. Tanto que muitos nos comparam com Jane e Herondy, que fizeram sucesso na década de 1970 cantando um para o outro.

Parte da canção que está prestes a ser lançada, incluindo a voz de Menescal, e das demais faixas do álbum foi gravada num estúdio que a dupla tem em casa, na Barra. Para “A cor dará”, foi produzido, ainda, um clipe, que mescla filmes antigos com imagens dos três artistas cantando juntos.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos