Update privacy choices
Notícias

Bolsonaro mantém liderança em SP, agora em empate técnico com Alckmin, diz Ibope

Reuters

Candidato do PSL à Presidência, Jair Bolsonaro, durante evento no Rio de Janeiro

Candidato do PSL à Presidência, Jair Bolsonaro, durante evento no Rio de Janeiro 22/07/2018 REUTERS/Ricardo Moraes

SÃO PAULO (Reuters) - O candidato do PSL à Presidência, Jair Bolsonaro, manteve a liderança na corrida presidencial no Estado de São Paulo, agora em empate técnico com o ex-governador paulista Geraldo Alckmin (PSDB), mas com vantagem numérica, após ter sido esfaqueado na quinta-feira, mostrou pesquisa Ibope divulgada nesta segunda-feira.

Bolsonaro registrou 23 por cento das intenções de voto, ante os 22 por cento no levantamento anterior, divulgado em 20 de agosto. Alckmin, que governou o Estado por quatro mandatos, aparece com 18 por cento, ante 15 por cento no levantamento anterior, segundo dados divulgados no site do jornal O Estado de S. Paulo, um dos contrantes. A margem de erro da pesquisa é de 3 pontos percentuais.

A pesquisa foi realizado entre sexta-feira e domingo, logo na sequência do ataque a Bolsonaro em Juiz de Fora (MG).

A sondagem aponta Ciro Gomes (PDT) com 11 por cento, contra 8 por cento no levantamento anterior, Marina Silva (Rede) soma 8 por cento, ante 10 por cento na pesquisa anterior, e Fernando Haddad (PT) soma 7 por cento, contra 5 por cento antes, e Marina Silva.

Haddad deverá substituir o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva na cabeça de chapa da coligação liderada pelo PT, após o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) barrar a candidatura de Lula com base na Lei da Ficha Limpa.

O percentual dos que pretendem votar em branco ou anular o voto é de 15 por cento, ante 20 por cento. A pesquisa mostrou que 6 por cento se declarou indeciso, ante 9 por cento.

O Ibope ouviu 1.512 pessoas no Estado. A pesquisa foi encomendada pelo jornal O Estado de S. Paulo e pela TV Globo.

(Por Eduardo Simões)

69 Reações

Leia também