Update privacy choices
Notícias

Haddad evita polêmicas em entrevista tensa na Globo News

Yahoo Notícias
Vice-presidente de Lula, ex-prefeito Fernando Haddad (PT). (Foto: Márcio Reis/Futura Press)

Na mais dura das entrevistas da série entre candidatos a vice-presidente na Globo News desde Kátia Abreu na última segunda-feira, Fernando Haddad conseguiu evitar polêmicas com os entrevistadores.

O petista começou o programa lamentando o ataque ao presidenciável do PSL, Jair Bolsonaro. A partir daí teve que responder questionamentos duros dos jornalistas da bancada. A primeira zona de atrito surgiu quando Haddad tentou explicar a situação legal do ex-presidente Lula. Entrou-se em um debate improdutivo em que o petista aponta possíveis erros do processo do Triplex e era rechaçado por visões contrárias a sua.

Número de candidaturas de pessoas negras aumenta 12% em quatro anos, segundo TSE
Planos de Marina para Previdência e gastos em saúde: erros de Eduardo Jorge na Globonews
“O governo Temer não tem a legitimidade que precisa”, diz Geraldo Alckmin

Haddad foi questionado sobre o papel do PT na atual crise econômica que se abate sobre o país e defendeu o legado dos governos Lula e Dilma —embora reconhecesse que houve equívocos na economia na gestão Dilma. Ele também argumentou que a oposição ferrenha após a eleição de 2014 também teve seu papel no atual cenário econômico.

Fernando Haddad também foi questionado sobre os processos que responde. O jornalista Merval Pereira elencou todos eles. O petista lembrou que não perdeu nenhum processo em que foi acusado pelo MP em sua vida pública e ironizou a data das denuncias que ocorreram justamente no período eleitoral.

Por fim, em todo o programa o vice de Lula pouco conseguiu falar de seus planos de governo.

Reações

Leia também