Update privacy choices
Notícias

PT pede permissão do TSE para Lula gravar programa eleitoral

Yahoo Notícias
Fernando Haddad, vice na chapa da candidatura de Lula para à Presidência da República, participa de caminhada em Teresina (PI), na sexta-feira (17), junto ao Governador Wellington Dias. (João Allbert/Futura Press)

A equipe de advogados do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva entrou com uma ação no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) para que o candidato do PT possa gravar vídeos e áudios para exibição no horário eleitoral que começa nesta sexta-feira (31).

Os advogados do ex-presidente defendem que ele ainda mantém seus direitos políticos intactos.  Conforme a defesa do petista, a Lei Eleitoral prevê que o candidato do PT pode participar de todos os atos da campanha eleitoral. Entre eles estão apresentar propostas em cadeia de rádio e televisão mesmo sua candidatura estando sob avaliação do judiciário.

Apresentadores do JN usam 40% da entrevista com Ciro Gomes apenas para perguntas
Lula já é o grande vencedor da eleição, seja qual for a decisão do TSE, diz Haddad
Haddad atribui delação a cancelamento de obra em SP

A defesa de Lula deseja que o TSE assegure em caráter liminar, o direito de Lula de participar plenamente da propaganda eleitoral e pede que a Superintendente da Polícia Federal no Estado do Paraná adote as providências logísticas cabíveis para viabilizar a realização das gravações.

Com a candidatura indefinida, Lula lidera de forma absoluta todas as pesquisas de intenção de votos à presidência. Segunda a última pesquisa Datafolha, o ex-presidente é o favorito de 39% do eleitorado seguido por Jair Bolsonaro (PSL) com 19%.

89 Reações

Leia também