Update privacy choices
Notícias

Rosa Weber mantém veto à candidatura de Lula e nega prazo maior para substituição em chapa

Yahoo Notícias
Fátima Meira/Futura Press

A presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ministra Rosa Weber, rejeitou na noite de domingo (9) um pedido apresentado pela defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) para ampliar o prazo para a troca do nome dele na cabeça da chapa para a disputa presidencial, que vence na terça-feira.

A ministra também enviou ao Supremo Tribunal Federal (STF) o recurso de Lula contra o veto a seu registro de candidatura, conforme decisão divulgada pelo TSE.

A defesa de Lula havia solicitado mais prazo para a eventual substituição do ex-presidente na cabeça da chapa presidencial para a eleição de outubro, alegando que recursos pendentes ainda precisam ser analisados.

Quando rejeitou a candidatura de Lula com base na Lei da Ficha Limpa, o TSE deu até 11 de setembro para que o PT fizesse a substituição do candidato.

 A expectativa é que o PT confirme até terça-feira Haddad como novo candidato à Presidência.

Apesar de ter rejeitado ampliar o prazo para a substituição de Lula na chapa presidencial, Rosa Weber decidiu encaminhar ao Supremo o recurso apresentado pela defesa de Lula contra a decisão do TSE de rejeitar seu registro de candidatura.

Lula, que liderava todas as pesquisas de intenção de voto até ter sua candidatura barrada, alega inocência e diz ser alvo de perseguição política.

Reações

Leia também