Update privacy choices
Notícias

Suspeito de atacar Bolsonaro foi preso por policial que estava de folga

Yahoo Notícias
AP

Suspeito de atacar o candidato a presidente pelo PSL , Jair Bolsonaro, Adélio Bispo de Oliveira foi preso por um policial à paisana que estava de folga. O agente, que não teve a identidade revelada, acompanhava o ato de campanha do presidenciável pelas ruas de Juiz de Fora (MG) na quinta-feira (6).

De acordo com informações da BBC Brasil, o policial conteve a multidão que tentava conter o suspeito e o deteve em um edifício próximo ao local do ataque até a chegada de reforço da polícia militar.

Jair Bolsonaro foi atacado enquanto participava de um ator e campanha nos arredores do Parque Halfeld —um dos locais mais movimentados da cidade mineira. O político estava sendo carregado nos ombros por apoiadores quando foi atingido por uma facada.

Depois de ser operado em Juiz de Fora, Bolsonaro foi transferido nesta sexta-feira (7) para o hospital Albert Einstein, em São Paulo.

17 Reações

Leia também