Update privacy choices
Notícias

Tarifas de importação de aço e alumínio dos EUA vão excluir México e Canadá

Reuters

Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, em evento em Washington

Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, em evento em Washington 27/02/2018 REUTERS/Kevin Lamarque

WASHINGTON (Reuters) - As tarifas de importação de aço e alumínio dos Estados Unidos vão entrar em vigor em 15 dias, isentando inicialmente Canadá e México, e possivelmente terão alternativas para outras nações, afirmou uma autoridade do governo de Donald Trump, nesta quinta-feira.

Ao anunciar as medidas, Trump afirmou que EUA precisam mostrar flexibilidade e cooperação com nações amigas.

A imposição das tarifas de 25 por cento para aço e 10 por cento para alumínio prevê que outros países possam discutir com o governo dos EUA "formas alternativas" de resolverem a questão de ameaça à segurança nacional dos EUA representada por suas exportações ao país, afirmou a autoridade.

Questionado se as maneiras alternativas incluem restrições voluntárias às exportações, a autoridade não deu detalhes.

As isenções para Canadá e México passam a valer imediatamente, mas a continuação delas vai depender parcialmente do progresso nas negociações para reformulação do Acordo de Livre Comércio da América do Norte (Nafta). A autoridade acrescentou que o Nafta é uma importante parte do relacionamento de segurança entre EUA, Canadá e México.

(Por David Lawder)

Reações

Leia também