Análise: eficiência vista contra o América-MG é o caminho de volta do Fluminense à Libertadores

·2 min de leitura

O Fluminense não fez um dos jogos mais brilhantes na tarde deste domingo, contra o América Mineiro, mas a vitória por 2 a 0 colocou o tricolor num caminho concreto para voltar à Libertadores, grande objetivo do ano. Se o pênalti no fim do jogo foi polêmico, o lance de bola parada que abriu o placar mostra que, em um campeonato disputado e variável como o Brasileirão, a eficiência nos mínimos detalhes (milimétricos, neste caso) fazem toda a diferença ao fim da temporada.

Após levantamento de Marlon, Luiz Henrique recebeu de Nino, colocou a bola para dentro e parou por alguns segundos, observando a arbitragem de campo, que nada marcou de irregularidade na jogada. Nos minutos seguintes, o VAR confirmou a condição legal de três jogadores do tricolor, incluindo Nino, que achou o jovem atacante na sequência da jogada. Mérito total do tricolor, que seguiu independente da condição — um pé de um dos defensores do América, que tentou a linha de impedimento, validou a posição dos tricolores.

Forte na marcação no meio-campo, o Flu até deu espaços para os mineiros no início da segunda etapa, mas a pouca inspiração logo permitiu que a equipe de Marcão, que homenageava torcedores ilustres e grandes personalidades negras do clube, voltasse a controlar a partida. O pênalti marcado em Arias e convertido por Fred, lance mais duvidoso do jogo, ampliou o placar já no fim, embora este não fosse injusto até o momento.

Mais de 13 mil pessoas estiveram presentes no Maracanã, concretizando um desejo de ter a torcida abraçando a equipe que Fred mencionou no fim da partida. Entre muito apoio e momentos de vaias, como na saída de Caio Paulista, o clube segue uma trajetória parecida com a do fim da temporada 2020, também sob o comando de Marcão. O técnico tem seus bons e maus momentos, mas assim como carrega parte da responsabilidade pela irregularidade que o clube apresenta nas últimas semanas — foram cinco derrotas e cinco vitórias nos últimos dez jogos —, tem muito mérito em conseguir ler o panorama de partidas como a deste domingo.

Possibilidades de ir à Libertadores

Com o triunfo, o Fluminense pulou para a sétima colocação, a quatro pontos do Bragantino, primeira equipe no G6. Abriu três pontos de distância para os mineiros, agora em 10º. Na próxima rodada, o Flu tem outro confronto direto, contra o Internacional, oitavo e a um ponto de distância.

A escalada na tabela é de suma importância para o tricolor. Com o rival Flamengo já garantido matematicamente no G6 e o Palmeiras perto de selar essa garantia, é alta a possibilidade de que se abra mais uma vaga na Libertadores até o fim do campeonato, já que um dos dois será campeão do torneio no próximo sábado, garantindo a vaga via Conmebol. O mesmo pode acontecer caso o Atlético Mineiro, líder da competição, fique com o título da Copa do Brasil, abrindo uma nova vaga via Brasileirão.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos