Análise: Tite mantém estilo conservador na convocação e recorre a Daniel Alves para lateral

·2 minuto de leitura

Tite manteve a coerência que marca seu trabalho na seleção brasileira. Mais conservador do que alguns gostariam, porém seguindo a linha desde a primeira convocação, ainda em 2016. Sem grandes destaques individuais no futebol europeu, recorreu a nomes conhecidos, mesmo em má fase, e trouxe apenas uma novidade: o zagueiro Lucas Veríssimo, do Benfica.

O museu de grandes novidades é mais uma necessidade do que um apego do treinador aos mais velhos. Tite recorreu a Daniel Alves para jogar na lateral direita, no alto de seus 38 anos, na carência de opções de qualidade mais jovens. Foi atrás de Everton Ribeiro para atuar de meia, mesmo com o jogador do Flamengo em momento discreto na temporada.

Outra novidade nem tão nova assim foi Fred, volante do Manchester United, que não era lembrado desde a Copa do Mundo de 2018. O desempenho dele na temporada e mais a suspensão de Douglas Luiz, fora do jogo contra o Equador, o coloca bem perto de ser titular na partida de retorno:

— Ele vem por merecimento. Faz grande temporada pelo United, que deve ser vice-campeão inglês. Assim como o Douglas, queremos que ele dê liberdade para Neymar jogar, para o lateral subir.

Tite segue a jornada inglória atrás de um meia de criação, alguém que consiga fazer o que Renato Augusto fez no período pré-Copa do Mundo de 2018. Além de Everton Ribeiro, convocou Lucas Paquetá, do Lyon. O favorito do treinador, Philipppe Coutinho, ficou fora por estar lesionado. Gerson, do Flamengo, ficou fora.

Neymar, convocado, pode ser uma alternativa, mas o treinador não sinaliza escalar o camisa 10 com uma função mais clara de criação.

— Neymar, com a liberdade criativa que tem, de ser um jogador que é arco e flecha, que tem talento individual, vai ter liberdade em campo. Ele vai jogar como vem jogando na seleção e na forma como vem jogando no PSG — afirmou.

A lista:

Goleiros: Alisson (Liverpool), Ederson (City), Weverton (Palmeiras)

Laterais: Dani Alves (São Paulo), Danilo (Juventus), Alex Sandro (Juventus), Renan Lodi (Atlético de Madrid)

Zagueiros: Eder Militão (Real Madrid), Lucas Veríssimo (Benfica), Marquinhos (PSG), Thiago Silva (Chelsea)

Meias: Casemiro (Real Madrid), Douglas Luiz (Aston Villa), Everton Ribeiro (Flamengo), Fabinho (Liverpool), Fred (Manchester United), Lucas Paquetá (Lyon)

Atacantes: Everton (Benfica), Firmino (Liverpool), Gabigol (Flamengo), Gabriel Jesus (Manchester City), Neymar (PSG) Richarlison (Everton), Vini Jr (Real Madrid)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos