Análise: Vasco parece dar mais passos em evolução atuando com dez do que com time completo

·2 minuto de leitura

Roteiro repetido para Vasco e Bruno Gomes. E não era o esperado pelo torcedor cruzmaltino. Assim como há duas rodadas, contra o Cruzeiro, em Minas, o volante novamente foi expulso, ainda no primeiro tempo, desta vez contra o Goiás, na Serrinha, pela oitava rodada da Série B. O jogador a menos, no entanto, resultou em uma postura defensiva eficiente do time carioca, ao longo de grande parte do jogo, o que não se viu em partidas anteriores.

No entanto, a melhora não foi suficiente para evitar a derrota do time por 1 a 0, fora de casa. Mesmo assim, dadas as circunstâncias, foi possível ver evolução na atuação vascaína, principalmente no setor defensivo, ainda mais considerando tratar-se de um adversário que provavelmente também brigará pelo acesso.

Mesmo com o jogador a menos, o Vasco conseguiu reduzir ao máximo os espaços dados para o adversário. Além disso, após as três mexidas feitas por Marcelo Cabo no início do segundo tempo, o time ainda conseguiu ficar mais com a bola e dar mais escapadas ao ataque do que deu no primeiro tempo.

As entradas de Gabriel Pec e Léo Jabá — além da presença do sempre perigoso Cano —, obrigou o Goiás a se segurar, enquanto Michel, na cabeça de área, conseguiu ajustar o setor, reduzindo os sustos ao gol de Vanderlei.

O goleiro, por sinal, segue atuando muito acima da média dos demais companheiros, garantindo vitórias — mesmo não sendo o caso da noite desta quarta, quando o adversário pouco perigo real levou à sua meta.

Ainda um setor com muito a evoluir, a zaga, no jogo formada pelo capitão Castán e pelo contestado Ernando, vinha de boa apresentação, tanto individual quanto coletiva. Mas acabou sucumbindo no final, após a desatenção na sobra de uma batida de fora área, que acertou a trave de Vanderlei, fazer a bola sobrar nos pés de Everton Brito, que marcou o gol da vitória do Goiás.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos