Análise: Vidal terá no Flamengo a utilidade que deixou de ter na Inter

Neste sábado, o Flamengo encaminhou o acerto da contratação pelos próximos 18 meses do chileno Arturo Vidal, de 35 anos. Foi uma aquisição muito esperada, seja pela qualidade do atleta, seja pelas juras de amor na qual Vidal fazia ao rubro-negro carioca com a promessa de um dia atuar no clube da Gávea. Mas como ele atuava na Inter?

Vidal chegou à Internazionale em setembro de 2020, após uma passagem de altos e baixos pelo Barcelona. Na Espanha, teve seus bons momentos, mas foi visto como um dos vilões do 8 a 2 sofrido na Champions League em 2020, ironicamente para um de seus ex-clubes, o Bayern de Munique. Seu treinador, Antonio Conte, imaginava que ele seria tão vital quanto foi nos seus tempos juntos na maior adversária dos nerazzurri, a Juventus.

De fato, nos primeiros meses, ele era titular absoluto da Inter com Conte. Rapidamente ganhou seu espaço e jogou muito mais do que uma peça de meio-campo fortificada do amado 3-5-2 do treinador italiano. Naquela temporada, ao longo do caminho para o título que não vinha para o time de Milão desde 2010, ele jogou muitas partidas como um dos três homens de meio de Conte, ao lado muitas vezes de Barella e Brozovic. Mas também jogou como volante e até como meia avançado, em tentativas de 3-4-1-2 que o treinador fez, inicialmente para acomodar Eriksen, até que o dinamarquês se adaptasse ao time.

Vidal era titular absoluto, e embora a intensidade não fosse a mesma dos seus tempos na Juve, seu desempenho especialmente na construção de jogo com a bola da Inter, somado à força do ataque Lu-La, como era conhecida a dupla de Lukaku e Lautaro Martínez, fizeram a Inter ultrapassar o Milan na liderança em 2020/21, e rumar para o título. Mas a titularidade começou a se perder aos poucos na virada de ano, por diversos problemas físicos e pelo contágio pela Covid-19. A ascensão de Eriksen, que passou a agradar mais o treinador no quesito, também pesou.

O chileno não jogou a reta final da temporada que acabou com a fila de títulos da Inter por conta de diversas lesões, como uma operação no joelho em março, e uma artroscopia em abril que o deixou de fora dos jogos finais do Italiano. Tudo indicaria que. em uma nova temporada, as coisas iriam mudar e Vidal retomaria seu papel. Mas Antonio Conte, no fim de maio, deixou o cargo de técnico da Inter, e de repente, o cenário não era o mesmo.

A mudança definitiva ocorreu após a chegada de Simone Inzaghi ao comando interista. E ela aconteceu por razões físicas e pela ascensão de nomes como o recém-chegado Çalhanoglu, que passou a agradar mais do que o chileno em seu início arrasador com a camisa nerazzurri. A partir daí, Vidal passou a jogar menos como titular, apesar de entrar em quase todos os jogos. Na Serie A italiana, só jogou os 90 minutos diante da Fiorentina, em março, quando Brozovic estava fora por lesão. Na reta final da Inter, ele era visto como um "luxo desnecessário", por jogar menos, pela idade, e porque era o segundo maior salário do elenco, com 6,5 milhões de euros a cada temporada, atrás apenas do compatriota Alexis Sánchez, que ganhava cerca de 7 milhões. Eis os milionários motivos para o clube não fazer muita questão de mantê-los em seu elenco na disputa por títulos na temporada 2022/23.

No Flamengo, a expectativa é de que Vidal apresente as mesmas qualidades que o fizeram grande ao longo da carreira. A intensidade, ainda que menor, é o desejo de todo rubro-negro, que espera seus carrinhos e sua determinação, ainda que temeroso por amarelos em jogos com árbitros mais rigorosos. A faixa de campo onde ele deve atuar, como segundo volante, é em uma área conhecida por ele na seleção chilena e em alguns clubes. O estilo de troca de passes curtos, manutenção de posse, é o que agrada Dorival Júnior, e o sonho realizado do atleta de vestir a camisa do time da Gávea pesa para a grande expectativa.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos