Ana Hikari, da Globo, critica ação racista da empresa: "Difícil defender"

Instagram, Ana Hikari / @gabriel_bertoncel
Instagram, Ana Hikari / @gabriel_bertoncel

A gente sabe que a representatividade dos asiáticos não é a melhor na televisão brasileira. Nesta sexta-feira (5), a atriz Ana Hikari, que já atuou em produções como "Malhação", compartilhou uma situação bem chata envolvendo a Rede Globo. Tudo começou quando o Gshow postou um registro de Paolla Oliveira, Bruno de Luca, Marcelo Serrado e Ana Clara caracterizados "como orientais" em uma gravação para a novela "Cara e Coragem".

Na legenda do post, no Instagram, é possível ler: "Pat e Moa serão convocados para uma nova gravação em #CaraECoragem. Desta vez, eles serão os dublês de ação de ninguém mais, ninguém menos que Ana Clara e Bruno de Luca, num set todo inspirado na cultura oriental. Eu já amei". É claro que a ideia pegou bem mal e, rapidamente, a emissora foi acusada de racismo e whitewashing.

Ana Hikari, uma das atrizes amarelas da Globo, fez questão de se pronunciar nas redes sociais sobre o que rolou e comentar no post original, que foi colocado no Instagram. Confira!

Ana Hikari rebate racismo da Globo: "Difícil defender"

Ainda no final da quinta-feira (4), Ana Hikari repostou um vídeo de uma pessoa abordando o caso de whitewashing nas cenas da novela da Globo. A atriz respondeu: "Assim fica difícil te defender, me ajuda a te ajudar", escreveu a artista mandando "recado" para a emissora. Ela ainda comentou, na postagem original, que não poderia defender a Globo: "Faz isso comigo não".

Depois,...

Leia +


Leia +

Ana Hikari mudou o visual para viver nova fase da Tina em "As Five"
Robert Pattinson, o novo Batman, defende "Crepúsculo" de críticas: "Ser hater é tão 2010"
Ana Hikari fala sobre representação asiática no Brasil: "Não temos oportunidade"

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos