Ana Maria Braga homenageia Tom Veiga, o Louro José, um dia depois de sua morte: 'Dói como uma mãe que perde um filho'

Extra
·1 minuto de leitura
Ana Maria
Ana Maria

Ana Maria Braga iniciou o "Mais Você" desta segunda-feira (2) fazendo um depoimento ao amigo e companheiro de trabalho Tom Veiga, o intérprete do Louro José. O ator foi encontrado morto em casa, no Rio, neste domingo (1º). Ele tinha 47 anos.

"Hoje eu não estou perdendo só o Tom, eu estou perdendo Tom, um grande amigo, um menino que a gente nunca discutiu, nunca brigou. E com ele foi junto meu filho, que eu sempre considerei o Louro e o Tom. Dói como uma mãe que perde um filho", diz Ana, que não conseguiu segurar as lágrimas.

Tom era companheiro de Ana Maria Braga na Rede Globo há pelo menos 20 anos. Antes disso, trabalhou com ela na Rede Record e, por muito tempo, manteve sua identidade escondida.

No mês passado, Tom havia se separado da segunda mulher, a empresária Cybelle Hermínio Costa, de 31 anos, com quem foi casado por apenas nove meses. Os dois se casaram em janeiro. Tom voltou para São Paulo e Cybelle está no Rio.

"Sim, estamos separados há um mês já. Existiam questões que não conseguimos alinhar e, infelizmente, foram determinantes para o fim", limitou-se a dizer Cybelle, ao EXTRA,. Na época, ela afirmava que não havia chance de reatar: "Por mim, não". Os dois estavam brigando muito, principalmente depois que Tom passou a ficar em São Paulo gravando o programa.