Ancine volta atrás e aprova projeto de filme sobre trajetória de FHC

·1 min de leitura

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - A diretoria da Ancine (Agência Nacional do Cinema) voltou atrás e aprovou o projeto de filme sobre a vida e trajetória do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso (PSDB).

A diretoria da agência decidiu, por unanimidade, pelo provimento de recurso interposto pela produtora Giros Filmes, responsável pelo projeto. Com isso, o filme poderá captar recursos via leis de incentivo.

A deliberação foi tomada em reunião do colegiado desta quinta (28). A diretoria entendeu que se trata de um documentário biográfico e que não há irregularidades.

Intitulado "Presidente Improvável", o projeto é da produtora Giros Filmes e já havia sido aprovado em 2018 pela agência.

Em julho, a diretoria havia indeferido o projeto, justificando que ele dava "margem a inegável promoção da imagem pessoal do ex-presidente da república homenageado no documentário, com o notório aproveitamento político, às custas dos cofres públicos". Em agosto, a Ancine ratificou a decisão.

A associação de servidores da Ancine afirmou à época que o veto ao filme era "indevido". A Apaci (Associação Paulista de Cineastas) pediu que essa decisão fosse anulada e, em nota enviada à Ancine e à Secretaria Especial da Cultura, se posicionou como "contra toda e qualquer censura".

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos