Andréia Sadi assume o 'Estúdio I', na GloboNews: ‘Tudo pronto para fazer a bola rolar ao vivo’

A partir desta segunda-feira (6), o “Estúdio I”, carro-chefe das tardes da GloboNews, está repaginado e sob nova orientação. A jornalista Andréia Sadi assume a apresentação do programa no lugar de Maria Beltrão, que estava à frente da atração desde seu lançamento, em 2008, e, por sua vez, passa a comandar o “É de casa” nas manhãs de sábado da TV Globo.

Um dos líderes de audiência do canal por assinatura, o telejornal, que vai ao ar de segunda a sexta-feira, às 13h, aposta em clima descontraído, com uma equipe de repórteres, comentaristas e convidados analisando desde acontecimentos do dia a pautas como cultura, economia, política e meio ambiente.

— O “Estúdio I” tem a marca da informalidade, da brincadeira. É uma pausa de alívio em um dia pesado— afirma a nova âncora, que já participava do vespertino como repórter e comentarista de política desde sua entrada no canal por assinatura, em 2015. — Vamos preservar a essência do programa, que é a dinâmica do bate-papo, a participação do assinante, e a química entre a equipe dentro e fora do vídeo.

'All I want for Christmas is you': Mariah Carey é processada em R$ 95 milhões por suposto plágio

'Festa da Banana': Prefeitura de Teolândia recorre de liminar e Justiça libera evento com show de Gusttavo Lima

Johnny Depp x Amber Heard: o histórico do conturbado relacionamento em 11 pontos

O cenário também vem acompanhado de mudanças. Sem a antiga bancada vermelha, o novo estúdio segue a linha “sinta-se em casa”, com poltronas para os participantes.

— A ideia é que o assinante esteja sentado numa sala com a gente, que se sinta parte daquela roda de conversa. Queremos aproximá-lo e integrá-lo cada vez mais, tanto com o formato do estúdio quanto com o uso das redes sociais. Tudo junto e misturado — descreve Andréia Sadi.

Outra novidade para aumentar a participação do público e esquentar os debates são os telões, que vão espelhar o celular da apresentadora e trazer a apuração ao programa em tempo real.

— Sou muito ligada às redes e ao celular— diz a jornalista. —Ao receber uma informação, quero passar para o espectador imediatamente. Seja um bastidor, seja uma nota oficial, um documento. O que importa é a informação mais atualizada.

Para liderar o programa de três horas de duração, Andréia Sadi conta com um time de comentaristas: Octávio Guedes, Arthur Dapieve, Flávia Oliveira, André Trigueiro, Daniel Sousa, Valdo Cruz, Natuza Nery e Marcelo Lins, que recebem ainda os reforços do correspondente internacional Guga Chacra e do Núcleo de Eleição.

E, por falar em eleições, a nova âncora, antenada com tudo que acontece nos bastidores da política nacional, não esconde a animação para a cobertura especial.

— Eu acordo, respiro e durmo pensando em política. Ano de eleição é a minha Copa do Mundo. Venho me preparando nos últimos quatro anos. Vai ser minha quarta eleição, comecei em 2008. A diferença é a novidade de estar comandando um programa do tamanho do “Estúdio I”. Tá todo mundo posicionado, pronto para fazer a bola rolar ao vivo— afirma Sadi.

Maternidade e controle

O telejornal de estreia de Andréia Sadi como âncora foi palco de uma série de momentos marcantes para a jornalista. Foi no “Estúdio I” a sua primeira entrada ao vivo como repórter da GloboNews, e também onde Maria Beltrão anunciou, em primeira mão, sua gravidez e o nascimentos dos gêmeos Pedro e João, que completaram 1 ano em maio.

Pedro e João: Andréia Sadi mostra gêmeos brincando com a filha de Marcelo Adnet

Andréia Sadi posa pela primeira vez com os filhos: 'Ser mãe de gêmeos dá medo dobrado. Mas, ao mesmo tempo, o amor é dobrado'

A Eleven, de 'Stranger Things': Millie Bobby Brown revela pacto de casamento com Noah Schnapp, o Will

— O “Estúdio I” tem uma carga afetiva para mim porque me acolheu muito, assim como a Maria. Somos amigas e confidentes fora do ar também — lembra Andréia, que descreve ainda a rotina intensa. — Estou vivendo um dia de cada vez. Eu gosto de ter certo controle, mas a maternidade é o oposto total disso. Os planos agora são a curtíssimo prazo, e tento o que for possível. Meu foco absoluto é o “Estúdio I”, as eleições, o André [Rizek, marido] e meus meninos. Eu amo ser comunicadora, minha alma é jornalista, sou muito feliz com o que faço.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos