Angela Machado, do PSOL, descarta aliança com Requião mas defende voto em Lula

BELO HORIZONTE, MG (FOLHAPRESS) - Pré-candidata do PSOL ao Governo do Paraná, a professora Angela Machado afirmou que descarta uma aliança com o candidato do PT, Roberto Requião, no primeiro turno. Apesar disso, ela disse ser favorável ao voto no ex-presidente Lula para derrotar o presidente Jair Bolsonaro.

A professora disse, nesta quarta-feira (1º), durante sabatina promovida pela Folha e pelo UOL, que derrotar Bolsonaro é a tarefa número um de seu partido.

Segundo ela, mesmo defendendo inicialmente uma candidatura própria do PSOL à presidência, hoje ela vê Lula como uma importante ferramenta para tirar Bolsonaro do poder.

Apesar do apoio, ela disse discordar de políticas promovidas e defendidas pelo PT. "Esse governo de conciliação de classes não nos representa. Nós somos diferentes, mas para esse projeto de varrer o Bolsonaro da presidência, a gente tem que apoiar o presidente Lula, sim", afirmou a candidata.

Em relação a um possível golpe, caso o atual presidente perca as eleições, a pré-candidata disse não acreditar neste cenário. Segundo ela, Bolsonaro não possui apoio irrestrito das Forças Armadas, apenas de alguns setores.

Angela Machado também disse defender o direito de greve de policiais militares, como outros trabalhadores. De acordo com ela, uma solução para essa questão seria a desmilitarização da Polícia Militar e o investimento em Guardas Municipais.

"O problema do direito de greve dos policiais militares é justamente por serem militares. Claro que eu defendo o direito de greve de todo trabalhador. É um instrumento legal em todas as outras categorias e é a forma de se negociar melhores condições de trabalho", disse a candidata.

A professora Angela Machado foi a segunda pré-candidata a participar da sabatina da Folha e do UOL. Na segunda (30), Cesar Silvestri (PSDB) foi o entrevistado.

Na quinta-feira (2), às 10h, o entrevistado será o atual governador, Ratinho Jr. (PSD). Na sexta (3), às 10h, o ex-governador Roberto Requião (PT) participa da sabatina. O deputado federal Filipe Barros (PL) desistiu de participar.

As sabatinas são apresentadas pelo colunista do UOL Kennedy Alencar e tem participação dos jornalistas Alberto Bombig, do UOL, e Ana Luiza Albuquerque, da Folha.

CONFIRA AS DATAS DAS SABATINAS E DOS DEBATES

Demais sabatinas com pré-candidatos ao Governo do PR

Ratinho Jr. (PSD) - 02/6 - 10h

Roberto Requião (PT) - 03/6 - 10h

Sabatinas presidenciais

2º turno - de 10 a 14/10

Debates presidenciais

2º turno - 13/10, às 10h

Debate com candidatos à Vice-Presidência

1º turno - 29/9, às 10h

Debate com candidatos ao Senado

1º turno - 27/9, às 10h

Sabatinas com pré-candidatos ao Governo de SP

2º turno - de 17 a 21/10

Demais sabatinas

Semana de 06/6 - PE Semana de 13/6 - RS Semana de 20/6 - CE Debates com candidatos ao Governo de SP

1º turno - 19/9, às 10h

2º turno - 20/10, às 10h

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos