Angelina Jolie fala sobre pausa na carreira durante batalha judicial com Brad Pitt: 'Precisava estar em casa'

Nos últimos cinco anos, Angelina Jolie esteve pouco envolvida com a cinema. Claro, houve a continuação de "Malévola"; a filmagem de "Eternos", parte do universo Marvel e ainda inédito... Da direção, a atriz se afastou completamente. "Estive principalmente em casa. Foram anos importantes para estar em casa, uma época em que precisava ficar em casa pela nossa família", disse a estrela.

Segundo o jornal britânico "Daily Mail", a declaração de Angelina tem a ver com a batalha juducial pela guarda dos filhos que a americana travou com seu ex-marido, o ator Brad Pitt, de quem se divorciou legalmente em 2019, três anos depois de anunciar a separação. Juntos, eles têm seis filhos.

"Nos últimos anos, não fui capaz de dirigir. Estive muito mais em casa", reforça. "Nesse tempo, eles (os filhos) estão realmente se tornando adultos. Estou feliz por estar aqui e fazer o melhor que posso."

Angelina, no entanto, poderá ser vista na telona no filme "Aqueles que me desejam a morte", que estreia até o fim de maio no Brasil. "Espero que seja interessante para as pessoas que estão saindo desse período (quarentena). As pessoas ainda estão passando por tempos difíceis, tiveram um ano difícil. É sobre: quanto posso aguentar? quanto perdi?"

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos