Anitta e Pabllo Vittar se juntam a Luísa Sonza em 'Modo turbo', último candidato a hit de 2020

·2 minuto de leitura

Foi Pabllo Vittar (estreando, muito animada, suas próteses de silicone) quem fez a provocação, na entrevista coletiva por Zoom: "Vocês achavam que não tinha tempo de lançar um hit?" Pois tinha: na noite de segunda-feira, no apagar das luzes de 2020, três das maiores hitmakers do Brasil — Pabllo, Anitta e Luísa Sonza — lançaram "Modo turbo", faixa de Luísa (que este ano despontou com os hits "Braba" e "Toma") com as participações das duas cantoras.

Uma produção de produção de Rennan da Penha e Rafinha RSQ, "Modo turbo" ganhou um vídeo dirigido pelo duo Alaska que pôs as cantoras dentro do universo gamer, com referência a jogos atuais e à estética retrô da série de TV "Power Rangers". Um universo que Pabllo conhece bem — ela costuma jogar com fãs na plataforma de streaming Twitch — e no qual Anitta tem feito imersões.

— Eu estava numa fase tão gamer que meu sonho já era em desenho animado! — revelou.

No papo de comadres das cantoras (que já fizeram feats e faixas umas das outras), Anitta rejeitou comparações de "Modo turbo" com o momento cor-de-rosa de Lady Gaga no disco "Chromatica'' e definiu a música de Luísa como uma espécie de "mistura de funk com afrobeat", perfeita para um Carnaval que segue ameaçado pela segunda onda da pandemia de Covid-19.

— Só não balancei o peitão no clipe porque (nas gravações) eu ainda não estava com ele — brincou Pabllo, que na nova música canta com as amigas versos como "tem turbina nessa raba / e agora ninguém me pega".

"Modo turbo" é a primeira faixa do novo álbum de Luísa Sonza, o seu segundo, que ela deve lançar ao longo de 2021. Já para os fãs de Anitta, será a última oportunidade, em um bom tempo, de ouvi-la cantando uma nova música em português: segundo a cantora, agora seus empresários estão privilegiando a promoção da sua carreira no exterior.