Anitta encerra turnê europeia com sucesso e revela bastidores: “tive que dormir no banco da praça”

© Instagram @Anitta / Marc Ducrest/Divulgação

A cantora brasileira Anitta termina neste domingo (17) uma intensa turnê pela Europa. Depois de fazer shows durante quase um mês, a carioca fez um rápido balanço nas redes sociais e anunciou que está preparando um filme com os bastidores da maratona, que não foi marcada apenas por momentos de glamour. “Se eu sobreviver a essa tour, sobrevivo a qualquer outra coisa”, desabafou.

Ela transformou o tradicional festival de jazz de Montreux em um verdadeiro baile funk, sacudiu o Rock in Rio de Lisboa, foi um dos destaques do festival sustentável de Roskilde, na Dinamarca, e se apresentou em duas versões do Lollapalooza, em Estocolmo e Paris, entre outros shows que marcaram a agenda da cantora no velho continente desde 21 de junho.

No meio dessa maratona, ainda deu pinta no desfile da Dolce & Gabbana em Siracusa e deu entrevista em um dos programas de televisão mais populares da França, quando criticou o atual governo brasileiro. Em alguns dias chegou a ser vista em dois países diferentes em apenas algumas horas, como quando assistiu a abertura da temporada de alta-costura na primeira fila da maison Schiaparelli em Paris e deu show na mesma noite na Suíça.

Mas nem só de voos de jatinho e imagens instagramáveis foi feita a “Euro Summer 2022” de Anitta. Neste domingo, pouco antes do último show, ela relatou alguns “perrengues” que nem os fãs mais próximos ficaram sabendo – mesmo se a cantora posta quase tudo o que faz nas redes sociais.

“Aqui no Instagram, eu só mostro coisa bonita para vocês. Coisa legal, coisa chic”, disse Anitta em um vídeo nos stories, aparentemente gravado na cama. “Mas no meio dessa turnê, teve dia que eu dormi na rua, tá”, revela. “Eu tive que dormir no banco da praça, com uns bêbados passando e gritando (...) A gente passou por essa humilhação. Eu juro para vocês. Quando deu 5h da manhã, com o dia clareando, a gente acordou com o sol na nossa cara”, contou, sem dar detalhes sobre as circunstâncias ou o país onde o episódio ocorreu.

“Foi tanta coisa que aconteceu nessa turnê, gente... Vocês não têm noção. E eu sobrevivi”, disse Anitta, um dia após ter parte da bagagem da equipe perdida no voo para Paris, penúltima escala da turnê, onde se apresentava na versão local do Lollapalooza. “A Air France, essa companhia de milhões, perdeu a roupa do balé e a gente está aqui tentando fazer roupas”, relatou em outra story no sábado.

A cantora disse que boa parte da bagagem foi transportada junto com ela, em um jatinho. Mas as demais malas, que viajaram em uma rota comercial, não desembarcaram como previsto. “A gente colocou tag em todas as malas e o trabalho deles, de localizar as malas, a gente mesmo fez", ironizou, fazendo alusão aos sistemas de geolocalização que alguns viajantes estão instalados em suas bagagens para encontrá-las em caso de problema. "Só que eles não conseguiam mandar para cá a tempo (...) Valeu Air France”, lançou, pouco antes de subir no palco parisiense na garupa de uma moto, em uma encenação que repetiu, para a euforia dos fãs, em vários dos eventos que marcaram a "Euro Summer 2022”.

Depois do animado show na capital francesa, Anitta voou para Portugal. “Encerrando da melhor maneira [no] Festival Mares Vivas, que dá valor aos artistas que falam português tanto quando aos artistas que falam outros idiomas”, disse a cantora.

Anitta também revelou que documentou os bastidores da turnê para um novo projeto. “A gente está filmando tudo, para um filme. Os perrengues dessa tour depois a gente mostra no filme para vocês. Foi loucura!”, concluiu.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos