Anitta, Ludmilla e Lexa comemoram inclusão do funk em categoria do Grammy Latino

·1 minuto de leitura

Do Brasil para o mundo! O Grammy Latino incluiu recentemente o funk brasileiro como um estilo de música urbana em uma de suas categorias de disputa. Na web, os internautas comemoraram a conquista e exaltaram Anitta, uma das principais representantes do gênero internacionalmente.

No site do Grammy, o estilo de música fusão/ interpretação urbana passou a ser definido como: “gravações, vocais (apenas singles ou faixas) que foram gravadas por artistas solo, duetos ou grupos (individuais ou em colaboração) apresentando uma gravação de caráter urbano (incluindo subgêneros como rap, reggaeton, hip hop, R&B, funk brasileiro, trap, dancehall etc)”.

A tag "Você venceu, Anitta" alcançou destaque no Twitter e a própria cantora compartilhou no Instagram posts que faziam menção ao fato, relembrando quando ela disse em diversos momentos de sua carreira que faria o funk ser respeitado. No Twitter, ela simplesmente escreveu "Gratidão".

Anitta já foi indicada ao Grammy Latino na categoria "melhor álbum urbano" por "Kisses". Apesar de não ter arrebanhado o prêmio, Anitta se apresentou na noite de gala, em 2019, em Las Vegas. Ela, inclusive, foi uma das escolhidas para estampar a propaganda da premiação na Times Square, em Nova York.

Quem também comemorou no Twitter foi Ludmilla:

"Que conquista para o nosso funk gente! Esse reconhecimento é de todos nós funkeiros que sempre lutamos e continuamos lutando até hoje pra quebrar barreiras. Nós estamos vencendo, todos esses anos de luta e resistência serão reconhecidos", disse ela.

A cantora Lexa também se manifestou:

"Nosso funk sendo cada vez mais reconhecido! Que orgulho de todos os artistas que fizeram isso acontecer.. eu faço parte disso! Eu sei que faço", escreveu.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos