Anonymous protesta contra morte de George Floyd, manda recado a Trump e cita Bolsonaro

Demonstrators make black power salutes as they make their way towards the US Embassy in central London on May 31, 2020 to protest the death of George Floyd, an unarmed black man who died after a police officer knelt on his neck for nearly nine minutes during an arrest in Minneapolis, USA. - Hundreds of people gathered in central London to protest the death of George Floyd, an unarmed black man who died while being arrested in Minneapolis, USA. (Photo by DANIEL LEAL-OLIVAS / AFP) (Photo by DANIEL LEAL-OLIVAS/AFP via Getty Images)

O grupo hacker Anonymous entrou nos protestos antirracistas contra a morte de George Floyd, após ser asfixiado pelo policial Derek Chauvin em Minneapolis (EUA). Na madrugada deste domingo (31), um integrante da legião afirmou no Twitter que divulgará os “muitos crimes” cometidos pela polícia e mandou um recado ao presidente Donald Trump.

E nos siga no Google News:

Yahoo Notícias | Yahoo Finanças | Yahoo Esportes | Yahoo Vida e Estilo

Após a divulgação do vídeo, o site da polícia de Minneapolis estava fora do ar. Na rede social, o Anonymous ainda citou o presidente Jair Bolsonaro (sem partido), sugerindo uma investigação da ligação entre ele e o líder norte-americano.

Leia também

“Algo que as pessoas devem olhar no Brasil é investigar se Bolsonaro tem algum vínculo com o traficante e estuprador de crianças John Casablancas, um associado próximo de Trump que atuou como proxy para os negócios de Trump no Brasil sob algum cargo obscuro e indefinido”, escreveu.

Leia abaixo a mensagem divulgada pelo Anonymous:

“Policiais que matam pessoas e cometem outros crimes precisam ser responsabilizados, como todos nós, caso contrário eles acreditarão que têm licença para fazer o que quiserem. Você dirá que este é apenas o trabalho de algumas ‘maçãs podres’, mas o que dizer dos oficiais que permanecem e não fazem nada enquanto cometem ofensas contra as pessoas que encontram, e os departamentos de polícia como o seu, que se recusam a processar esses criminosos como se fossem um dos cidadãos que eles juraram proteger. As pessoas já se cansaram dessa corrupção e violência de uma organização que promete mantê-las seguras. Depois dos eventos dos últimos anos, muitas pessoas agora estão começando a aprender que você não está aqui para nos salvar, mas sim para nos oprimir e realizar a vontade da classe dominante criminal. Você está aqui para manter a ordem das pessoas no controle, não fornecer segurança para as pessoas que estão sendo controladas. De fato, você é o próprio mecanismo que as elites usam para continuar seu sistema global de opressão, e o mundo finalmente está começando a acordar para isso, e eles estão ficando cada vez mais zangados toda vez que veem sangue desnecessariamente derramado sem consequências. Esses oficiais devem enfrentar acusações criminais, e o oficial [Derek] Chauvin, especialmente, deve enfrentar acusações de assassinato. Infelizmente, não confiamos na sua organização corrupta para fazer justiça, então estaremos expondo seus muitos crimes ao mundo. Nós somos Legion. Nos aguarde”