ANP aprova medidas inéditas para evitar desabastecimento de combustíveis no Brasil

A diretoria da Agência Nacional do Petróleo (ANP) aprovou nesta terça-feira medidas para garantir a continuidade do abastecimento de combustíveis, tendo em vista bloqueios em algumas estradas do país. O objetivo é facilitar o o fluxo de produtos entre os locais de armazenamento e o consumidor final.

Fecombustíveis: Postos já ficam sem combustíveis em alguns estados

No Rio: Governador Cláudio Castro determina atuação do Batalhão de Choque contra bloqueios nas estradas

Como forma de prevenção, a ANP determinou a suspensão das obrigações de manutenção de estoques semanais médios mínimos pelas distribuidoras.

A ANP liberou as revendas de GLP (gás de cozinha) para comercializar o produto em vasilhames de outras marcas além daquela para a qual estão autorizadas.

Efeitos: Montadoras reduzem produção e cancelam turnos devido a bloqueios de rodovias por caminhoneiros

Também passa a estar permitida a venda direta de gasolina e diesel de revendedores e transportadoras aos postos. Hoje, apenas o etanol hidratado pode ser vendido diretamente sem passar pela distribuidora.

Além disso, as distribuidoras poderão armazenar combustíveis em locais ainda sem homologação da ANP.