Antes do agravamento da pandemia, comércio recuou 2,5%

Com a intensificação das medidas de isolamento social, vendas no varejo caíram

RIO — As vendas no varejo brasileiro registraram retração de 2,5% no mês de março, antes mesmo do agravamento da pandemia de coronavírus no país. Dados da Pesquisa Mensal do Comércio (PMC), divulgada nesta quarta-feira pelo IBGE. No mês de fevereiro, a alta foi de 1,2%.

Na comparação com o mesmo período do ano passado, com ajuste sazonal, a queda nas vendas foi de 1,2%. Nos três primeiros do ano, o indicador acumula alta de 1,6%. Em 12 meses, o crescimento é de 2,1%.

Na série sem ajuste sazonal, o comércio varejista recuou 1,2% em relação a março de 2019, contra aumento de 4,7% em fevereiro. Foi a primeira queda após 11 meses consecutivos de variações positivas nesta comparação.