Antes de duelo pela Libertadores, Fluminense paga mês de junho para jogadores e funcionários

·1 minuto de leitura

O Fluminense quitou, nesta terça-feira, o pagamento dos salários relativos a junho a jogadores e funcionários. Com isso, o clube volta a ficar em dia a poucas horas da partida diante do Cerro Porteño, pelas oitavas de final da Libertadores. A folha havia vencido no quinto dia útil deste mês.

O clube tem conseguido manter os vencimentos em dia neste ano, apesar de alguns dias de atraso. Em abril, o Fluminense conseguiu ficar em dia pela primeira vez desde 2018.

Para esta temporada, o Fluminense espera um alívio no caixa com a participação na Libertadores e na Copa do Brasil. Por ter ido à fase de grupos do torneio continental, o Tricolor já embolsou 1 milhão de dólares a cada jogo como mandante.

Ou seja, algo na casa dos R$ 16,9 milhões. Além disso, somou mais US$ 1,05 milhão de dólares (cerca de R$ 5,5 milhões na cotação atual) pela vaga nas oitavas.

Outra quantia que entra na conta é da Copa do Brasil, com a classificação às oitavas após eliminar o Red Bull Bragantino. O clube embolsou R$ 2,7 milhões de premiação.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos