Antes de Haaland: ex-olheiro do Borussia Dortmund revela que clube esteve na briga para contratar Mbappé há quatro anos

·1 minuto de leitura

Não é de hoje que o Borussia Dortmund está de olho nas promessas do futebol europeu. Se hoje o clube alemão aproveita o sucesso do atacante Erling Haaland, outra estrela dos gramados do velho continente poderia ter vestido a camisa amarela: o atacante Kylian Mbappé. Segundo um ex-olheiro do clube, a possibilidade era real em 2016.

— Mabppé estava disponível sem custos em certo momento. Havia muitos interessador. Não tínhamos chances de vencer aquela corrida — afirmou Sven Mislintat, ex-chefe da equipe de olheiros, em entrevista ao podcast da revista Kicker e do DAZN.

A situação ocorreu em um breve período entre o fim de 2015 e o início de 2016, explica ele. O francês estava próximo do fim de seu contrato, mas renovou por três anos com o Monaco. Pouco depois do novo acordo, explodiu para o futebol, marcando 26 gols em 44 partidas na campanha do título da equipe no Campeonato Francês. Em junho de 2018, o Monaco vendeu Mbappé por 120 milhões de euros (818 milhões de reais, na cotação atual) ao PSG, na segunda maior transferência da história.

— Conseguir roubar Mbappé do Monaco de graça, seria uma mega negócio, com certeza — avaliou Mislintat.