Anti-vacina, atriz Elizangela perde papel em "Travessia", nova novela da Globo

Elizangela perde papel em
Elizangela perde papel em "Travessia" após se recusar a tomar vacina contra a Covid-19 (Foto: Globo/Estevam Avellar)

A atriz Elizangela, de 67 anos, ficará de fora do elenco de "Travessia", próxima novela das 21h da Globo, por se recusar a tomar a vacina contra a Covid-19. Ela, que é forte apoiadora do presidente Jair Bolsonaro (PL) e anti-vacina, não teria apresentado o comprovante de vacinação e, por isso, foi desligada da trama de Gloria Perez.

Segundo o F5, Luci Pereira foi escolhida para substituir a atriz no papel. Nem Elizangela, nem a Globo se pronunciaram sobre o assunto, mas a vacinação é uma exigência da emissora desde o ano passado, quando as vacinas começaram a ser aplicadas na população brasileira.

Em suas redes sociais, a atriz é notoriamente contra a vacinação, e chegou a comparar a imunização ao estupro. Em publicação de dezembro de 2020, Elizangela postou uma montagem com uma seringa ao lado da legenda: "penetração forçada sem consentimento é estupro. Meu corpo, minhas regras", escreveu na legenda da imagem, que foi censurada pelo Instagram.

Em janeiro deste ano, ela foi internada por complicações da Covid-19 e, ainda assim, disse que não tomaria a vacina: "Não [tomei]. Não posso e não quero. Não é vacina, é experimento. Já está mais do que declarado, pelo próprio criador da vacina, que é realmente um experimento. Eu não sou cobaia. Sou a favor das vacinas, sempre tomei, mas nesse momento, não", declarou em uma live com o ator Thony Di Carlo, logo após deixar o hospital.

Sobre "Travessia"

"Travessia" deve ir ao ar em outubro, no lugar de "Pantanal". Com cerca de 150 capítulos, o folhetim tem direção artística de Mauro Mendonça Filho, que trabalhou com Glória Perez na série "Dupla identidade" (2014).

Tudo indica que a trama terá a cara da autora, conhecida por abordar questões que desafiam a sociedade. Desta vez, o impacto da tecnologia na vida das pessoas será o mote principal. Fake news, smartphones, telas, redes sociais e influenciadores estão entre os tópicos que serão levantados.

Parte da novela será filmada no Maranhão e em Portugal, de acordo com a própria autora. "Eu preciso que uma das personagens esteja fora do Brasil para a trama poder rolar", disse Perez ao podcast Novela das 9, do GShow. No Twitter, ela chegou a postar algumas imagens do país europeu e as relacionando com "Travessia".

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos