Antiga vice-presidente do Parlamento Europeu foi ouvido e continua na prisão

Eva Kaili era vice-presidente do Parlamento Europeu quando foi detida e vai continuar em preventiva pelo menos mais um mês no âmbito do "Qatargate"