Anvisa anuncia dois casos de variante ômicron no Brasil

·1 min de leitura

BRASÍLIA, DF (FOLHAPRESS) - A Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) anunciou na tarde desta terça-feira (30) que a variante ômicron foi identificada no Brasil.

A agência reguladora informou que serão enviadas para análise laboratorial confirmatória as amostras de dois brasileiros que, preliminarmente, apresentaram resultado positivo para a nova cepa do Sars-CoV-2. Os resultados foram comunicados pelo laboratório Albert Einstein, ligado ao hospital homônimo.

Os exames são de um homem que esteve na África do Sul —país onde a ômicron foi identificada pela primeira vez— nos últimos dias e sua mulher.

O passageiro desembarcou em Guarulhos no dia 23 de novembro, vindo da África do Sul, com teste RT-PCR negativo. Para se preparar para a viagem de volta à África do Sul, no entanto, ele procurou o laboratório localizado no aeroporto de Guarulhos no dia 25 de novembro, na companhia da esposa.

Nos testes daquele dia, ambos testaram positivo para a Covid-19. Assim, o fato foi comunicado ao Cievs-SP (Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde de São Paulo.

Diante dos resultados positivos, pelo histórico de viagem, o laboratório Albert Einstein adotou a iniciativa de realizar o sequenciamento genético das amostras.

O laboratório notificou então a Anvisa nesta segunda (29) sobre os resultados positivos dos testes e o início dos procedimentos para sequenciamento genético, e, nesta terça, informou que, nas análises prévias, foi constatada a variante ômicron.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos