Anvisa aprova vacina da Pfizer contra covid-19 para crianças de 5 a 11 anos

·2 min de leitura
TURIN, ITALY - DECEMBER 16: A child receives a dose of the Pfizer COVID-19 vaccine at the Children's Vaccine Hub of the Compagnia di San Paolo Foundation, during the national open day on December 16, 2021 in Turin, Italy. After approval by the European Medicines Agency (EMA), Italy started vaccinations for children aged 5 to 11.  (Photo by Diego Puletto/Getty Images)
Dose utilizada em crianças equivale a um terço daquela administrada em adultos (Foto: Diego Puletto/Getty Images)
  • Anvisa aprovou uso da vacina da Pfizer para crianças entre 5 a 11 anos

  • Crianças devem receber duas doses, mas doses equivalem a um terço da vacina usada em adultos

  • Ministério da Saúde não tem as doses adequadas para imunizar crianças

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) aprovou o uso da vacina da Pfizer contra a covid-19 para crianças de 5 a 11 anos no Brasil. Até então, o imunizante poderia ser administrado em jovens a partir dos 12 anos.

Assim como nos adultos, são necessárias duas doses para a imunização completa. No entanto, a dose utilizada para esta faixa etária corresponde a um terço daquela aplicada em pessoas a partir de 12 anos.

O frasco utilizado em maiores de 12 anos tem detalhes em cores roxas. Para diferenciar a vacina para crianças, a vacina da Pfizer para esta faixa etária é laranja. Para evitar confusões, a Anvisa recomendou que seja feito um treinamento específico para aplicação da vacina em crianças.

Uma diferença entre as duas é o tempo em que o frasco pode ficar armazenado: a das crianças pode ser guardada por um mês, enquanto a dose "normal" pode ser armazenada por 10 semanas.

A vial of the Biontech-Pfizer vaccine Comirnaty in the pediatric dosage (L) is on display next to a vial in the adult dosage in a pediatrician's office in Berlin on December 14, 2021, at the start of COVID-19 vaccination campaign for children under 12 years in Germany. (Photo by Tobias SCHWARZ / AFP) (Photo by TOBIAS SCHWARZ/AFP via Getty Images)
Vacina para crianças tem rótulo laranja, enquanto para maiores de 12 anos o rótulo é roxo (Foto: TOBIAS SCHWARZ/AFP via Getty Images)

A vacina da Pfizer já está sendo utilizada em pessoas de 5 a 11 anos em diversos países, como Estados Unidos, Israel, Reino Unido e outros.

O pedido da Pfizer para aprovação da vacina para crianças foi feito à Anvisa em 12 de novembro. Segundo a agência, foram 21 dias para que o pedido fosse aceito, descontados os 14 dias que a empresa levou para esclarecer dúvidas sobre o imunizante.

Anvisa levou pouco mais de um mês para aprovar vacina da Pfizer para crianças (Foto: Divulgação/Anvisa)
Anvisa levou pouco mais de um mês para aprovar vacina da Pfizer para crianças (Foto: Divulgação/Anvisa)

Sem doses adequadas

Com a aprovação da Anvisa, a medida passa a valer a partir do momento em que a medida foi publicada no Diário Oficial da União. No entanto, o Brasil ainda não tem as doses que podem ser aplicadas em pessoas desta idade.

Os imunizantes que o Ministério da Saúde tem em estoque doses que podem ser utilizadas a partir dos 12 anos, mas não as que são adequadas para menores.

Segundo informações do jornal O Globo, o contrato entre Pfizer e Ministério da Saúde abre a possibilidade de incluir remessas com as vacinas adequadas futuramente. No entanto, ainda não há previsão para a chegada das doses feitas para crianças. A expectativa é que na sexta-feira (17), após a aprovação, o tema volte a ser discutido pela Câmara Técnica Assessora de Imunização Covid-19 (Cetai).