Anvisa autoriza Butantan a fazer testes com soro contra a Covid-19 em humanos

Leandro Prazeres
·1 minuto de leitura

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) concedeu,nesta quarta-feira, autorização para que o Instituto Butantanrealize pesquisas clínicas com um soro hiperimune desenvolvido parao tratamento contra a Covid-19. Para iniciar as pesquisas, noentanto, o Butantan ainda precisa enviar informações complementaresexigidas pela agência.

Ao contrário davacina, que atua para impedir as pessoas de contraírem uma doença,a função do soro é auxiliar no tratamento de pessoas que já foraminfectadas. O soro hiperimune para a Covid-19 foi obtido a partir doisolamento do novo coronavírus em um ser humano. Depois disso, onovo coronavírus foi “cultivado” em cobaias animais. Nesteprocesso, os animais produziram anticorpos. O soro é obtido a partirda extração desses anticorpos a partir do plasma obtido no sanguedos animais.

Estaserá a primeira o soro produzido pelo Butantan será testado emseres humanos. Até o momento, ele só havia sido testado em animais.O pedido de autorização da pesquisa foi feito pelo instituto no dia2 de março.

O Instituto Butantan tem longa experiência na produção de soros, especialmente os antiofídicos. O Butantan também é responsável pelo desenvolvimento e fabricação da vacina CoronaVac, em parceria com o laboratório chinês Sinovac. A vacina é uma das que estão autorizadas pela Anvisa para a imunização contra a Covid-19 no país.