Anvisa autoriza importação das vacinas Sputnik V e Covaxin

Os imunizantes contra o coronavírus Sputnik V e Covaxin receberam autorização brasileira para importação, nesta sexta-feira. A Agência Nacional de Vigilância voltou atrás em uma decisão de meses atrás, quando impediu a chegada das vacinas por considerar que careciam de dados técnicos para verificar segurança e eficácia.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos