Anvisa diz que Willian está impedido de jogar pelo Corinthians neste domingo

·2 minuto de leitura
**Arquivo**TERESÓPOLIS, RJ, BRASIL, 06-07-2014: Futebol - Copa do Mundo, 2014: O jogador Willian da Seleção Brasileira, durante entrevista coletiva no CT da Granja Comary, em Teresópolis (RJ). (Foto: Moacyr Lopes Junior/Folhapress)
**Arquivo**TERESÓPOLIS, RJ, BRASIL, 06-07-2014: Futebol - Copa do Mundo, 2014: O jogador Willian da Seleção Brasileira, durante entrevista coletiva no CT da Granja Comary, em Teresópolis (RJ). (Foto: Moacyr Lopes Junior/Folhapress)

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - A Anvisa divulgou uma nota neste sábado (11) com a informação de que notificou o Corinthians e a CBF (Confederação Brasileira de Futebol) para impedir a participação do meio-campista Willian na partida deste domingo (12), contra o Atlético-GO, em Goiânia, pelo Campeonato Brasileiro.

De acordo com o comunicado da entidade, o jogador não cumpriu o período mínimo de quarentena por ter ingressado no país vindo da Inglaterra. Ele está no Brasil desde o último dia 1º de setembro e teria de ficar em isolamento por, pelo menos, 14 dias, conforme portaria do governo federal.

"A Anvisa emitiu oficio à Confederação Brasileira de Futebol (CBF) e ao Sport Club Corinthians Paulista, advertindo que o jogador assinou o TCSV [Termo de Controle Sanitário do Viajante] junto à Anvisa e está impedido de participar de atividades como treinos e partidas de futebol, devendo cumprir o autoisolamento, sob pena de responsabilização civil, administrativa e penal", informa o órgão.

Como o atleta já está em Goiânia, onde o time alvinegro vai atuar neste domingo, a Anvisa relatou ainda que a Vigilância Sanitária do município também foi acionada e já localizou o hotel onde está o time do Corinthians.

Mais cedo, também neste sábado, agentes da Secretaria de Saúde Pública de São Paulo estiveram na casa do atleta para fiscalizar a situação. No momento da visita, porém, ele não estava na residência, pois se encontrava no CT do Parque Ecológico, de onde a delegação corintiana partiu para Goiás.

O estafe do jogador questiona o fato de a fiscalização ter ocorrido somente após 11 dias depois que ele retornou ao Brasil e diz que ele vem fazendo testes RT-PCR regularmente e tem testado negativo para a Covid-19.

No comunido da Anvisa, porém, o órgão afirma ainda "que considera a situação como sendo de risco sanitário grave e espera a atuação pelas autoridades de saúde locais, a fim de que adotem as medidas de fiscalização necessárias, determinando a imediata quarentena do jogador".

Procurado, o Corinthians diz ter conhecimento da notificação da Anvisa e que vai se pronunciar em breve.

Mais informações em instantes.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos