Anvisa pede que Janssen e AstraZeneca sejam contraindicadas para pacientes com síndrome rara

·1 minuto de leitura

BRASÍLIA - A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) solicitou aos fabricantes dos imunizantes Janssen e AstraZeneca/Fiocruz uma mudança nas bulas para incluir a contraindicação de uso para as pessoas com histórico da Síndrome de Extravasamento Capilar. Em nota divulgada nesta segunda-feira, a agência reguladora afirma ter pedido a alteração na última sexta-feira após monitoramento de eventos adversos nas duas vacinas.

Segundo a Anvisa, trata-se de um evento adverso raro, mas potencialmente grave. O órgão informou que avalia o relato de uma suspeita da síndrome após a vacinação.

A agência recomenda que profissionais de saúde fiquem atentos aos sintomas e ao risco de nova ocorrência em pacientes que já foram diagnosticadas com a doença. Os casos devem ser notificados imediatamente.

A síndrome causa vazamento de fluido de pequenos vasos sanguíneos (capilares), resultando em inchaço principalmente nos braços e pernas, baixa pressão arterial, espessamento do sangue e baixos níveis de albumina no sangue.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos