Anvisa suspende outras pomadas para cabelos por não cumprirem normas sanitárias; veja a lista

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) publicou, nesta quinta-feira, três resoluções que determinam interdição cautelar, suspensão ou proibição de fabricação, comercialização, distribuição, propaganda e uso de pomadas capilares para modelar tranças, conforme cada caso. Em alguns casos, também está previsto o recolhimento dos lotes que já estão no mercado.

Calistenia: conheça os riscos da prática que causou a morte do instrutor Bruno Roque Pereira

Covid em 2023: há mais de um mês em estoque, nova vacina ainda não tem previsão de uso

Na terça-feira, a agência já havia publicado a suspensão de sete pomadas, de diferentes marcas. De acordo com a Anvisa, as novas resoluções medidas foram necessárias porque esses produtos são alvo de investigação devido a relatos de pacientes sobre a ocorrência de eventos adversos graves após seu uso.

"Todos esses produtos podem oferecer risco à saúde", alerta a agência.

Veja a lista, de acordo com a sanção determinada pela Anvisa.

Vitamina D: suplemento pode não funcionar em pessoas acima do peso, diz estudo

Interdição cautelar

A medida visa proteger a saúde da população em caso de risco à saúde e permanece vigente enquanto são realizados testes, provas, análises ou outras providências requeridas para investigação mais aprofundada do caso.

Pomada Capilar Condicionante Modeladora Fixadora Studio Hair Tranças - Muriel, da empresa Beauty Lab do Brasil Ltda.

Pomada Capilar Condicionante Modeladora Fixadora Studio Hair Onduladas - Muriel, da empresa Beauty Lab do Brasil Ltda.

Pomada Modeladora Fixadora Studio Hair Tranças - Muriel, da empresa Beauty Lab do Brasil Ltda.

Pomada Capilar Condicionante Modeladora Studio Hair Extra Forte - Muriel, da empresa Beauty Lab do Brasil Ltda.

Pomada Capilar Incolor Elfa, da empresa Exat Bel Indústria e Comércio de Cosméticos LTDA ME.

Suspensão e recolhimento*

Pomada Modeladora - Be Black, da empresa Be Factory Laboratories, Indústria, Comércio, Importação e Exportação

*Suspensão da comercialização, distribuição, fabricação e uso e recolhimento de todos os lotes fabricados a partir de novembro de 2022.

Proibição e recolhimento**

Pomada Modeladora da Master Hair, da empresa Noelma Simara Ribeiro Gama

** Proibição da comercialização, distribuição, fabricação, propaganda e uso e recolhimento de todos os lotes existentes.

O que fazer se tiver um dos produtos?

A Anvisa orienta não utilizar nenhum dos produtos citados acima. Aqueles que tiverem a Pomada Modeladora - Be Black e a Pomada Modeladora da Master Hair, devem entrar em contato com a empresa para realizar o procedimento de devolução, inclusive estabelecimentos que utilizem os produtos. Isso porque a agência determinou o recolhimento dos itens pela fabricante.

Riscos das pomadas

O órgão orienta ainda que, aqueles que fizeram uso recente de algum desses produtos, estejam atentos ao lavar os cabelos para evitar que a substância entre em contato com os olhos. Caso alguma reação ocorra, é preciso procurar imediatamente o serviço de saúde mais próximo.

No final do ano passado, a agência emitiu um alerta sobre os riscos de efeitos colaterais graves possivelmente associados a produtos utilizados para trançar e modelar cabelos. Foram identificadas queixas de cegueira temporária, ardência nos olhos, coceira, inchaço ocular, entre outros.

O documento foi resultado de uma série de relatos recebidos pela Anvisa sobre os problemas, envolvendo uma variedade de marcas e produtos que passaram a ser investigados pela agência. Em um dos casos de perda de visão temporária, o tempo para recuperação chegou a ser de 15 dias.

Por isso, no alerta, a Anvisa destacou que banhos de piscina e no mar após o uso favorecem o contato do produto químico do cabelo com os olhos, e por isso devem ser evitados.

Além disso, reforça que apenas pomadas com o aval da Anvisa sejam utilizadas; que a fabricante seja consultada sobre medidas preventivas específicas daquela marca e que as mãos sejam devidamente lavadas ao fazer o manejo da substância.

Também é orientada a busca por opções de cosméticos naturais, com formulações que tenham o menor número de componentes químicos potencialmente danosos; a atenção às recomendações de armazenamento e data de validade do produto e o não manuseio da pomada caso ela apresente alterações de cor, odor ou textura.