Ao menos 146 pessoas morrem em tumulto em festa de Halloween na Coreia do Sul

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Ao menos 146 pessoas morreram e outras 100 ficaram feridas em um tumulto depois que uma multidão se reuniu em ruas estreitas de um bairro central da capital sul-coreana Seul para celebrar o Halloween, na noite de sábado (29).

No incidente, um grande número de pessoas ficou prensada em um beco estreito durante a comemoração, afirmou Choi Sung-beom, chefe do Corpo de Bombeiros de Yongsan. As vítimas morreram pisoteadas ou sufocadas. Vídeos nas redes sociais mostram socorristas tentando ressuscitar as pessoas com massagens no peito e respiração boca a boca.

A região é conhecida pelas celebrações de Halloween e milhares de pessoas se reúnem em suas ruas estreitas, afirmaram as autoridades.

"A área ainda está caótica, estamos tentando descobrir o número exato de pessoas feridas", disse Moon Hyun-joo, funcionário da Agência Nacional de Bombeiros.

Algumas pessoas sofreram paradas cardíacas no local. Uma das hipóteses é que o incidente pode ter sido causado pela aglomeração da multidão.

As autoridades afirmam que estão investigando a causa exata do incidente.

O presidente Yoon Suk-yeol conduziu uma reunião de emergência e ordenou que equipes médicas de emergência fossem para a área, de acordo com um comunicado de seu escritório.