Ao menos 17 morrem após barco que transportava imigrantes haitianos naufragar nas Bahamas

Por Jasper Ward

NASSAU (Reuters) - Dezessete pessoas morreram após um barco que transportava imigrantes haitianos ter naufragado na costa das Bahamas, disseram autoridades neste domingo, à medida que mais haitianos tentam chegar aos Estados Unidos para fugir da pobreza e da violência das gangues.

Equipes de resgate recuperaram os corpos de 17 pessoas, incluindo uma criança, e 25 pessoas foram resgatadas, disse o primeiro-ministro das Bahamas, Philip Davis, em uma coletiva de imprensa. Davis disse que as autoridades acreditam que os haitianos estavam em uma lancha, indo para Miami.

"Acredita-se que o barco emborcou em mar agitado", disse ele.

Poderia haver até 60 pessoas a bordo e mais pessoas foram consideradas desaparecidas, disse o comissário de polícia Clayton Fernander.

As autoridades das Bahamas disseram que duas pessoas foram detidas, ambas das Bahamas, por suspeita de envolvimento em uma operação de contrabando de seres humanos. Todos os que estavam a bordo e foram resgatados vivos ou mortos, ou que ainda estavam desaparecidos, foram considerados imigrantes do Haiti.

A polícia de Bahamas disse que o barco naufragou a 11 km da ilha de Nova Providência.

As Bahamas são uma rota frequente para imigrantes haitianos que buscam chegar aos EUA. Viagens marítimas arriscadas em barcos precários se tornaram cada vez mais comuns ao longo do último ano, à medida que os haitianos fogem da pobreza e da violência das gangues.

O ministro de imigração, Keith Bell, disse que os sobreviventes informaram que pagaram entre 3 mil e 8 mil dólares pela viagem.

"Nós lamentamos a perda dos que estavam buscando uma vida melhor", disse Bell. "Aqueles que moram aqui, mas têm familiares e amigos no Haiti, peçam a seus entes queridos que não arrisquem suas vidas."

Em maio, um barco que transportava 842 imigrantes haitianos com destino aos Estados Unidos desviou-se do curso e foi parar na costa norte de Cuba.

Neste mesmo mês, 11 pessoas morreram afogadas quando uma embarcação que transportava imigrantes haitianos emborcou perto de Porto Rico.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos